Sugestões

    Transição para iluminação LED conectada energeticamente eficiente

    5 de Novembro de 2021

    Na “Race to Zero”, a Signify apela aos líderes mundiais e empresariais para acelerar a transição para iluminação LED conectada energeticamente eficiente

     

    • A adoção de iluminação LED conectada energeticamente eficiente contribuirá para que os países reduzam as emissões em pelo menos 55% até 2030.
    • Os líderes mundiais devem concentrar-se em implementar mudanças que apresentem resultados rápidos e que tenham impacto tanto no mercado de iluminação profissional como de consumo.
    • A mudança sustentável para iluminação LED, a nível mundial, no mercado profissional poderia eliminar mais de 553 milhões de toneladas de emissões de CO2, e poupar um total de 177 mil milhões de euros por ano em eletricidade.

     

    Lisboa, Portugal – Com o aumento das emissões globais, a níveis sem precedentes, e os preços da energia por todo o mundo a atingirem máximos históricos, é mais urgente do que nunca que os líderes mundiais e empresariais na COP26 em Glasgow se comprometam a atingir metas para combater as alterações climáticas. A Signify (Euronext: Light), líder em iluminação mundial, defende a transição rápida para iluminação LED conectada1 energeticamente eficiente para acelerar a descarbonização e avançar com a digitalização para empresas e consumidores. Os líderes mundiais e empresariais devem focar-se em implementar mudanças com resultados rápidos e que criem impacto nos mercados de iluminação profissional e de consumo.

     

    Mais de uma década após o apelo da Signify para a eliminação gradual  das lâmpadas incandescentes em todo o mundo, agora é a vez de apelar à transição para iluminação LED conectada energeticamente eficiente como o novo padrão de “iluminação geral”2. Esta mudança irá contribuir para cumprir os objetivos do plano de recuperação económica em todo o mundo, incluindo o Green Deal Europeu e o American Jobs Plan, e os compromissos assumidos pelas nações no Acordo de Paris.

     

    Este apelo à mudança, reflete também, o sentimento expressado pela Agência Internacional de Energia (IAE), que no relatório ‘NetZero by 2050’ recomendou que a “quota de lâmpadas LED em vendas totais de lâmpadas atinja 100% até 2025 em todas as regiões” do mundo, e que os padrões mínimos de desempenho energético devem ser acompanhados por um controlo inteligente dos equipamentos.

     

    De acordo com as conclusões da Signify, a mudança para a iluminação LED no mercado profissional poderia reduzir as emissões de CO2 em 553 milhões de toneladas, a quantidade de emissões que 25 mil milhões de árvores poderiam filtrar num ano. Esta mudança significa também, uma poupança na eletricidade de 1,132TWh, o que equivale ao consumo anual de eletricidade de 494 milhões de famílias. Ou seja, estas medidas poupariam um total de 177 mil milhões de euros por ano em custos de eletricidade3.

     

    “A década atual até 2030 será decisiva para que os líderes mundiais atinjam o Net Zero até 2050. Para isso, devem apoiar os seus compromissos através de ações que proporcionem resultados a curto e média prazo”

    Prevemos que a mudança para tecnologias mais eficientes em termos energéticos seja uma das medidas fundamentais que nos ajudarão na Race to Zero.”

     

    Brian Motherway

    Head of Energy na Agência Internacional de Energia

    Duplicar a taxa de renovação de edíficios para 3% ao ano

     

    A atualização da iluminação é a parte mais rápida e menos intrusiva da renovação de edifícios e infraestruturas, reduzindo o consumo de energia até 80%, proporcionando reduções de emissões de carbono e redução de custos. A transição para a iluminação conectada permite também um avanço nas ambições digitais. Ao acelerar a adoção de tecnologias inteligentes em edifícios governamentais, indústrias e casas em todo o mundo, permite colher benefícios na produtividade, saúde, bem-estar e inovação digital. A revisão das normas de construção vai ajudar a acelerar as renovações.

     

    “Intervenções como a transição para energia renovável levam o seu tempo a produzir resultados. A adoção de novas tecnologias, mais eficientes, de poupança de energia pode aliviar instantaneamente muitos dos desafios energéticos urgentes que o mundo enfrenta na escassez de eletricidade e combustível e no aumento de preços.”

    Podemos agir hoje ao acelerar a mudança para iluminação com eficiência energética, ao duplicar a taxa de renovação de edifícios anualmente, e ao mobilizar os consumidores a gerar o seu próprio impacto na Race to Zero.”

     

    Eric Rondolat

    CEO da Signify

    “Promover melhorias na eficiência energética reduzirá as emissões, e ao mesmo tempo, poupar o dinheiro das empresas e dos consumidores, e criar emprego”.

     

    Sensibilizar os consumidores

     

    Os consumidores também podem desempenhar um papel fundamental na redução das emissões de CO2, ao mudarem para tecnologias de iluminação inteligentes e outras inovações de iluminação ultra-eficientes. Para sensibilizar e acelerar esta mudança, a Signify apela à criação de campanhas de sensibilização pública que destaquem os benefícios das inovações na iluminação, e para alocar parte do financiamento de recuperação para melhorias na iluminação doméstica a nível municipal.

     

    Ao fazer com que as pessoas atualizem toda a iluminação residencial será possível reduzir o uso de eletricidade e as emissões de CO2, para além de diminuir as suas contas de eletricidade.

     

    Saiba mais sobre as nossas ações para acelerar a ação climática aqui: Sustainability | Signify Company Website

     

    1 “Iluminação LED conectada” é definida como iluminação LED que está ligada a controlos de software ou que é conectável.

    2 “Iluminação geral” é definida como iluminação diaria: lâmpadas e luminárias para configurações domésticas e profissionais (p.e. escritórios, edifícios comerciais, estádios, iluminação pública e de túneis, pontes,  parques, etc.) Reconhece-se que haverá alguma iluminação convencional não-LED ainda vendidos e utilizados para aplicações especializadas, onde não há alternativa LED.

    3 Os datos globais aqui apresentados são uma simulação dentro do modelo converversão de pontos de luz convencionais do Green Switch, um programa executado pela Signify para ajudar seus clientes a acelerar a mudança para produtos, sistemas e serviços de iluminação energeticamente eficientes. Todos os valores e datos aqui apresentados são ilustrativos e baseados em previsões e suposições.

    Para mais informações, contacte:

     

    Signify Communications Portugal and Spain

    Jordi Manrique
    Email: jordi.manrique@signify.com

    Tel: +34 672 221 958

    Sobre a Signify

     

    Signify (Euronext: LIGHT) é líder mundial em iluminação para profissionais e para consumo, e iluminação para a Internet das Coisas. Os nossos produtos Philips, os sistemas de iluminação conectados Interact e serviços habilitados por dados, fornecem valor para os negócios e transformam a vida nas casas, edifícios e espaços públicos. Com vendas de 6.500 milhões de euros em 2020, temos cerca de 37.000 colaboradores em mais de 70 países. Valorizamos o extraordinário potencial da luz para tornar as vidas mais brilhantes e um mundo melhor. Alcançámos a neutralidade de carbono em 2020 e estamos no Índice Dow Jones de Sustentabilidade desde a nossa Oferta Pública Inicial há quatro anos consecutivos, e fomos nomeados lideres da industria o setor em 2017, 2018 e 2019. Para mais notícias sobre a Signify acedo ao NewsroomTwitter e LinkedIn. A informação relativa a investidores pode ser encontrada na página de Investor Relations.

    Meydan Bridge

    Mais comunicados de imprensa

    • Signify confirma liderança em sustentabilidade

      Novembro 17, 2021

      Signify confirma liderança em sustentabilidade

    • Transição para iluminação LED conectada

      Novembro 05, 2021

      Transição para iluminação LED conectada

    • Resultados do Signify no terceiro trimestre de 2021

      Outubro 29, 2021

      Resultados do Signify no terceiro trimestre de 2021